top of page
Buscar
  • brunosouza95

Como o produtor de milho pode ter o máximo de lucratividade

Todo o produtor de milho pode ter o máximo de lucratividade desde que esteja atento às informações que interferem no valor da safra.


  • Produtor de milho, fique atento ao dólar

  • Esteja sempre um passo à frente

Produtor de milho, fique atento ao dólar


Quando o dólar sofre variações, o preço do milho tem os valores desajustados, o que acaba influenciando nas margens de lucro. Pense no seguinte cenário, quando o produtor de milho compra os insumos com o dólar em alta, e vende a produção de milho com o dólar embaixo, o que acontece é perda de dinheiro.


Por isso, é tão importante estar atento à economia. Ás vezes, esperar dois ou três dias para fechar um negócio, pode resultar em ganhos significativos, que farão total diferença na sua lucratividade.


Mas, nem sempre é fácil ficar atento à estes cenários, certo? Afinal, a vida do produtor de milho é repleta de compromissos. Por isso, nós criamos um mecanismo para facilitar a sua vida, acompanhe!


Esteja sempre um passo à frente


Além do dólar outros acontecimentos influenciam no valor do milho. Tais como: conflitos internacionais como a guerra na Ucrânia. O país é o quarto maior país do mundo na exportação de milho. Em função do conflito a cotação do milho disparou na Bolsa de Chicago, o produto já alcançou o valor de US$ 7,25 por bushel.


Ao analisar essa situação internacional, por exemplo, é possível aumentar os seus resultados. Assim como este fato, existem centenas de outros capazes de influenciar a sua lucratividade.


No entanto, nem sempre é fácil estar atento a tudo o que acontecer, certo? Com isso você corre o risco de perder dinheiro.


Para te ajudar criamos uma consultoria personalizada, de acordo com as necessidades do seu negócio, para que você fique sempre atento a todos os fatos que influenciam o seu negócio.


Quer entender como funciona a consultoria. Clique agora no botão abaixo e ganhe 15 dias totalmente gratuitos!









3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page